Como o avanço tecnológico poderá afetar os serviços de contabilidade?

Com o grande avanço da tecnologia nos tempos atuais, não sabemos exatamente qual será o seu impacto no futuro. Em função disso, a tecnologia muito provavelmente terá um impacto significativo em diversos tipos de serviços. Um dos serviços mais afetado será, definitivamente, o contábil.
Agora, como será esse impacto? Até que ponto a tecnologia poderá afetar os serviços contábeis? Será que esse tipo de serviço poderá desaparecer por completo? Neste artigo discorreremos sobre o tema para termos acesso a informações interessantes. Veja!

A tecnologia e o seu impacto no mercado 

É visível a todos os agentes econômicos a grande capacidade de transformação que a tecnologia é capaz de produzir. As previsões futuras dizem que o impacto continuará a aumentar, mudando não somente o mercado, como também a vida cotidiana das pessoas.

Diante dessa nova perspectiva, é notável que algumas dúvidas possam surgir. Uma das mais recorrentes é como o avanço tecnológico afetará os serviços de contabilidade em um futuro próximo.

Profissionais qualificados da área mostram certa preocupação com o futuro da profissão em um mercado cada vez mais exigente. Existem até mesmo estudos internacionais dizendo que a profissão de contador e todo o serviço contábil deixarão de existir.

Contudo, essa previsão é pessimista. O serviço de contabilidade é essencial para os objetivos de longo prazo de qualquer empreendimento. Somente por meio dele, os gestores poderão tomar as decisões corretas sobe a saúde financeira da empresa e, consequentemente, qual postura adotar diante do mercado.

Portanto, podemos afirmar que dificilmente haverá uma total exclusão dos serviços contábeis dentro do livre mercado.

Fazer esse tipo de afirmação, mostra total desconhecimento da importância dessa atividade para a manutenção do setor produtivo e financeiro da economia como um todo.

O futuro dos serviços contábeis na nova economia   

Se o serviço de contabilidade e a profissão de contador não desaparecerá, qual seria então a nova formatação dessa atividade econômica? A verdade é que todas as rotinas contábeis muito provavelmente estarão atreladas a sistemas operacionais e softwares bem estruturados dentro de cada empreendimento.

Além disso, há o advento da inteligência artificial, que terá a responsabilidade de sugerir novas ações diante de um mercado cada vez mais competitivo. Essas sugestões estarão comprometidas com a total eficiência financeira da empresa e poderá nortear de maneira significativa o futuro dos negócios.

Diante dessa situação, a função de contador parece não haver sentido. Se sistemas operacionais são capazes de fazer processos mais eficientes e a inteligência artificial é capaz de nortear cada vez mais o futuro do empreendimento, o contador perderá totalmente a sua importância.

Entretanto, é necessário pensar com um pouco mais de cautela. O futuro da profissão passará por uma questão mais pessoal em relação ao atendimento humanizado dos problemas de cada empreendedor.

O contador passará a ser um consultor, com uma visão mais humanizada dos negócios, capaz de entender melhor as nuances de cada empreendimento e ajustar de maneira personalizada os serviços contábeis.

A partir desses ajustes, o novo profissional (chamado agora de consultor contábil) poderá entender melhor os sentimentos do empreendedor em relação ao futuro dos negócios e sugerir práticas que visam um alinhamento com o maior propósito da empresa frente a nova economia vigente.

Deste modo, podemos concluir que haverá sim mudanças significativas nos serviços contábeis em função do avanço tecnológico. O novo profissional, será aquele que melhor entender, de maneira humanizada, as necessidades do empreendedor e melhor orientar os passos futuros.

A ideia de que a profissão e os serviços contábeis poderão desaparecer não tem o menor sentido lógico de acordo com essa nova necessidade. Somente o tempo poderá dizer exatamente como serão essas mudanças, porém algumas práticas serão devidamente mantidas em função da necessidade de mercado.

Precisa de ajuda?

Preencha nosso formulário que entraremos em contato com você!

Comente essa matéria