Realizar um evento diferente depende de novos conceitos, ideias e pesquisa de mercado. Por outro lado, assimilar experiências anteriores e de outras empresas concorrentes também podem ajudar a gerar novas ideias.
Tradicionalmente, os eventos possuem coquetel, apresentação, palestras, rodada de perguntas e áreas de networking.
Esse roteiro e planejamento anterior ainda é válido, mas criar um evento diferente significa criar um evento que consiga gerar novas experiências e conhecimentos nos visitantes e colaboradores.

Novas tendências de eventos

Se a precisa planeja criar um evento diferente e inesquecível, nesse caso o objetivo é criar um novo padrão de eventos no mercado e no processo de posicionamento das empresas junto ao público.

Sabemos que em time que ganha não se mexe, mas talvez a equipe de trabalho da empresa e dos organizadores do evento possa precisar de novas pessoas que apresentem habilidades atualizadas em comunicação digital e aplicativos, por exemplo.

A criação de um evento mais tecnológico, por exemplo, pode demandar a distribuição de um aplicativo gratuito para manter o público informado sobre os detalhes do evento.

Porém, numa visão geral é importante surpreender positivamente os clientes e parceiros atraindo oportunidades de negócio e apoiadores. Além de apresentar produtos e serviços, a empresa que investe em eventos precisa criar experiências positivas e não somente emitir informações.

Diversidade

Os eventos corporativos dedicados às empresas que precisam divulgar suas atividades e presença de mercado também necessitam de renovar o seu grau de diversidade de temas e soluções.

Além de realizar negócios, clientes e empresas buscam soluções e inovações, dois tópicos de alta importância no mercado que gera valor.

Essa geração de valor começa a partir do conhecimento, da emissão de novidades, reunião de empresas ou parceiros que detenham ideias inovadoras.

5 ideias para criar eventos corporativos diferenciados

1 – Conhecer os locais inovadores

Além de utilizar centros de convenções, auditórios de hotéis e espaços internos de empresas, escolher locações externas, museus tecnológicos e estádios olímpicos pode ser uma boa dica para criar uma diferenciação no ambiente.

2 – Simuladores e gamificação

Há mais de dez anos, utilizar games e aplicativos digitais é uma forte escolha na hora de criar ambientes de interação com os visitantes.

Utilizar telas interativas para informar o público, criar centrais digitais com sinal de internet grátis e acesso remoto às diferentes informações do local de eventos é fundamental para gerar um ambiente mais digital e acessível.

3 – Workshops inovadores

Ao invés do visitante sentar para assistir a “uma aula chata” de negócio, os melhores workshops oferecem compartilhamento de experiências e coloca o visitante para fazer parte do conhecimento.

Além de assistir somente uma “aula”, o visitante pode fazer parte da experiência de geração de conhecimento e negócio.

4 – Realizar um show

Na abertura e no encerramento é indicado realizar um show com músicos e cantores que tenham conexão com público e a temática do evento.

5 – Escute o seu público

Sim. Antes de definir o modelo e perfil do evento, faça uma pesquisa e pergunte o que o público espera de um evento relacionado a determinado tema.
As melhores ideias podem surgir do público e do cliente potencial.

Bom evento para você!